Jovem empreendedor português cria gravata “vanguardista” com patente na Europa e EUA

Fonte: Jornal Económico com Lusa
O jovem empreendedor Valter Pinteús, emigrante na Suíça, quis “quebrar os paradigmas” da moda masculina ao idealizar uma gravata “fora do comum”, que se usa enrolada, um conceito que já tem patentes na Europa, Estados Unidos ou Singapura.

A ideia de criar este adereço inédito surgiu em 2012, quando o jovem estava a trabalhar em Espanha, no departamento comercial de uma empresa de macrobiótica.

“Era frequentemente convidado para eventos e rapidamente me fartei de usar a típica gravata ou o ‘papillon’”, descreveu à Lusa o criador, explicando que tudo aconteceu “numa manhã ao sair de casa para ir trabalhar”.
“Frente ao espelho, resolvi enrolar a minha gravata a ver no que dava e, curiosamente, deu algo interessante. Foi nesse momento que nasceu a ideia”, contou.

Foi a partir dessa primeira tentativa, considerada pelo criador como “uma experiência acertada”, que decidiu avançar com o projeto na expectativa de patentear a sua criação e comercializar o produto.

Ler a noticia completa no Jornal Económico

Próximos Eventos